domingo, 15 de junho de 2014

Deuses de Dois Mundos - O Livro da Traição


 

Na continuação da saga “Deuses de Dois Mundos”, o ambicioso jornalista New continua a contar sua história. Ao mesmo tempo em que alcança a posição profissional que sempre quis, ele se vê dividido entre dois grupos poderosos, que podem lhe dar tudo que deseja ou deixá-lo sem nada. Paralelamente, na África ancestral, o grande babalaô Orunmilá e seu grupo partem em busca dos principes odus, única maneira de impedir que o controle do destino de homens e deuses caia nas mãos erradas. Uma traição permeia as duas histórias, que tem mais em comum do que se pode imaginar.


A evidência que um escritor é realmente bom se torna irrefutável quando você quando você reage a seus personagens como se eles não apenas fossem reais, mas íntimos.

Assim, utilizando (começando com) um regionalismo bem nordestino:
New, seu filho de uma égua, traidor. covarde, idiota... quero chutar o seu traseiro! Babaca filho da puta... Formiga lava-pés de uma figa!
Que ódio!

E que venha O Livro da Morte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário