terça-feira, 14 de janeiro de 2014

As Crônicas de Gelo e Fogo


As Crônicas de Gelo e Fogo  é uma série de livros de fantasia épica escrita pelo romancista e roteirista norte-americano George R. R. Martin, e publicada pela editora Bantam Spectra. Martin começou a desenvolvê-la em 1991 e o primeiro volume foi lançado em 1996.
A série foi traduzida para vinte idiomas, tem mais de 4,5 milhões de cópias impressas nos Estados Unidos e vendeu mais de quinze milhões de exemplares mundialmente. Todos os romances foram, em geral, bem recebidos pela crítica literária e pelo público, sendo indicados a diversos prêmios de fantasia e ficção científica, como o Locus, o Nebula e o Hugo. No Brasil, os livros são publicados pela editora LeYa, e em Portugal, pela Saída de Emergência.
Os livros narram os acontecimentos dos Sete Reinos, onde uma guerra pela posse do Trono de Ferro é travada. A história se desenvolve principalmente no continente de Westeros, cuja extensão é equivalente à da América do Sul, mas também em uma extensa terra ao leste chamada Essos. Existe uma linguagem universal — o idioma comum de Westeros — bem como os dialetos regionais e até mesmo uma língua extinta.
No passado, sete reinos independentes foram tomados, um a um, e posteriormente unificados por Aegon, o Conquistador, e suas irmãs Rhaenys e Visenya — todos da Casa Targaryen. Com as espadas de seus inimigos, Aegon construiu o lendário Trono de Ferro e sua linhagem governou sem mais incidentes. Quase três séculos depois, a hegemonia dos Targaryen é quebrada com uma rebelião e o jovem Robert Baratheon, com seus aliados, usurpam a coroa. Os romances, que iniciam pouco mais de treze anos após este evento, passam então a narrar três tramas principais:
A primeira trata da conspiração e subsequente guerra pelo trono. Situada nos Sete Reinos, narra a luta entre casas rivais desenvolvida após a morte do rei Robert. O trono é reivindicado por seu filho primogênito, Joffrey, apoiado pela influente família de sua mãe, os Lannister. No entanto, o lorde Eddard Stark, amigo de infância e principal conselheiro de Robert, descobre que todos os filhos do rei são ilegítimos e que o trono pertence então, por direito, ao segundo dos três irmãos Baratheon, Stannis. Renly, o irmão mais jovem do falecido rei Robert, também reclama a coroa, desconsiderando abertamente a ordem de sucessão, com o apoio da Casa Tyrell. Enquanto a batalha dos reclamantes pelo Trono de Ferro se desenvolve, Robb Stark, herdeiro do lorde Eddard, é proclamado rei do Norte com o apoio de seus vassalos e dos Tully, a casa de sua mãe, Catelyn.
O segundo argumento gira em torno das criaturas conhecidas como os Outros. Ao norte dos Sete Reinos existe uma muralha de gelo com centenas de metros de altura que protege o lugar há milhares de anos contra os seres sobrenaturais. Guardando a edificação estão os membros da Patrulha da Noite, um grupo que permanece em vigília constante para defender Westeros de um inimigo considerado extinto há muito tempo. Entretanto, após o longo período de calma, patrulheiros são mortos além da Muralha e descobre-se que o mal que a construção acreditava extinto, ressurgiu.
O terceiro e último argumento acompanha os dois sobreviventes descendentes da dinastia Targaryen, os irmãos Viserys e Daenerys, exilados além do mar estreito, em Pentos. Lá, Viserys casa sua irmã mais nova, Daenerys, com Khal Drogo, o líder de milhares de guerreiros nômades chamados dothraki. Ele espera obter homens suficientes do exército do marido da irmã para invadir os Sete Reinos e retomar o trono que vê como seu por direito.

Ordem de Leitura:
  1. A Guerra dos Tronos
  2. A Fúria dos Reis
  3. A Tormenta de Espadas
  4. O Festim dos Corvos
  5. A Dança dos Dragões
  6. Os Reinos do Caos
Interessados deixem o email.

Nenhum comentário:

Postar um comentário