sábado, 5 de janeiro de 2013

Terrível Encanto e Tinta Perigosa - Li e Aprovei



Melissa Marr é uma autora surpreendente. Embora o foco de seus livros sejam adolescentes, eles não são fracos ou sentem-se perdidos em seu próprio mundo. Ao contrário, apegam-se a sua humanidade com todas as forças e enfrentam como iguais as belíssimas e aterradoras criaturas sobrenaturais que encontram, afetando suas vidas tanto como eles os afetam.
Em Terrível Encanto, Aislinn precisa lidar com seu dom da Visão, que permite que ela perceba os seres encantados que circulam entre os humanos, invisíveis para a maioria dos mortais e que podem ser extremamente perversos e egoístas, a ponto de machucarem as pessoas de propósito.

Embora Aislinn seja a protagonista, a história se desenrola equilibradamente entre um interessante quarteto amoroso:

Quando Ash descobre que pode ser a Rainha do Verão, aquela que Keenan esperou por nove séculos, fica dividida entre seu fascínio pelo deslumbrante Rei do Verão e seu amor por Seth, até então seu melhor amigo.

Keenan , por sua vez, precisa lutar com todas as forças para convencê-la a aceitá-lo e assim salvar sua corte enquanto tenta esquecer Donia, a única mortal que realmente amou e que desejou acima de todas que fosse sua rainha.

E a trágica Donia, amaldiçoada a carregar o frio do Inverno por ter, nove séculos antes, falhado no teste para Rainha do Verão e cuja única salvação é entregar o amor de sua vida a outra mulher.

Instigante, surpreendente e inesperado.


Em Tinta Perigosa,  a história se desenrola a partir de outros personagens de Terrível Encanto.

Depois de séculos de estabilidade, o equilíbrio entre as Cortes das Fadas se alterou e Irial, o regente da Corte Sombria, está lutando para manter suas rebeldes e vulneráveis fadas juntas. Se ele falhar, o derramamento de sangue e a brutalidade não tardarão a aparecer.

Desta vez, o foco muda de Aislinn para Leslie, uma de suas amigas mais íntimas. A jovem não sabe nada sobre as fadas – criaturas mágicas e voluntariosas, beirando a perversão -, mas ao se sentir atraída por uma linda tatuagem de olhos e asas, seu caminho cruza com o de Irial, o Rei Sombrio, o sedutor e ardiloso monarca da Corte Sombria.

A cada novo traço da tatuagem, gravada em sua pele com muito mais que tinta comum, Leslie se vê mais e mais atraída por Irial e pelas criaturas da Corte Sombria, seres agressivos e belicosos que se alimentam da negatividade dos humanos. Nem mesmo o desejo que o Rei Sombrio sente pela jovem é capaz de evitar o destino ao qual ela parece fadada: servir de canal para a energia ruim de que Irial precisa para manter o equilíbrio em sua corte.

Dividida entre a atração irresistível por Irial e seu interesse por Niall - um gancanagh, um tipo de ser mágico que faz com que as mortais que seduz fiquem viciadas nele e morram de abstinência, sofrendo por uma paixão impossível de ser concretizada - , por natureza um integrante da Corte Sombria e atual conselheiro de Keenan, o Rei do Verão, Leslie logo descobre que o que está em jogo não é apenas o futuro desse triângulo amoroso, mas sua própria existência.

Mas o amor do gancanagh por Leslie é real, e suas tentativas de libertá-la do domínio de Irial representam uma ameaça que o monarca não está disposto a tolerar.

Presa entre dois mundos e entre dois amores, a jovem pouco a pouco vai descobrindo que a única pessoa com quem pode contar é ela mesma e que as vezes as piores escolhas podem ser preferíveis a não possuir escolha alguma.

Trágico, assustador e comovente.



2 comentários:

  1. Tenho esse livro e continua na pilha de leituras, rsr
    tem selinho para você, fique a vontade para pegar ou não.
    Te desejo um ano de 2013 repleto de felicidades e harmonia.
    Beijinhos de camomila.
    Lua
    http://www.luasnegra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. gostei de tuas escolhas...ando
    em busca de leituras mais leves.

    um beijo

    ResponderExcluir