segunda-feira, 4 de junho de 2012

A Rosa e o Livro



Guardo ainda a primeira rosa que me deu.
Guardo-a em meu livro favorito,
Aquele que sempre volto a ler.
Em cuja capa minhas mãos deslizam
Distraidamente em uma carícia.

E sempre toco as pétalas
Enrugadas e secas
E sinto o perfume amadurecido;
Antigo e doce.

Assim é com você.
Indiferente à passagem dos anos
Persiste em mim o desejo
De te buscar, tocar,
Sentir seu aroma.
Mas acima de tudo
Persiste em mim o desejo
De te amar.

Lu Lopes

Nenhum comentário:

Postar um comentário